Segunda-feira, 5 de Janeiro de 2009

Os produtos “descartáveis”

- Cliente seguinte…

- Boa tarde minha senhora. Eu chamo-me Bombazina Cor-de-Rosa. Eu penso que é aqui no balcão de atendimento que posso saber como adquirir uma lâmpada para esta árvore de Natal iluminada.

- A senhora tem o talão de compra?

- Não! A árvore foi comprada há 2 anos!

- Nesse caso não lhe posso fazer nada.

- Mas o talão é para trocar a peça, não é?

- Claro!

- Mas eu não quero trocar nada, só quero saber se têm lâmpadas de substituição e, se tiverem, como substituo.

- Tenho de chamar a minha chefe

- Eu aguardo. … Posso tirar um rebuçado desta cesta?...

- Sim, pode.

- E posso tirar mais um para o meu “bijou” que está ali sentado?...

- Sim, claro que pode.

- …

- O que se passa?

- Chefe, esta senhora pretende trocar o enfeite de Natal…

- Eu não pretendo trocar nada, pretendo sim uma lâmpada de substituição de uma que se fundiu.

- Minha senhora, estes artigos são de usar e deitar fora!

- Mas não se compreende como é que não há forma de substituir uma lâmpada…

- Claro, pelo preço a que o comprou o que pretendia?... Se a senhora conhecesse a nossa marca, sabia que os nossos estabelecimentos vedem muitos produtos deste tipo, descartáveis…

- Saiba a senhora que eu já comprava nestes estabelecimentos, na Suécia, ainda nem os donos sabiam que a Real República do Troca-o-Passo existia!....

- Nesse caso, se tiver o talão de compra, nós trocamos…

- Mas é claro que não o tenho porque o artigo foi adquirido há 2 anos!… Para além de não ter o talão, o produto não está em linha este ano.

- Bom, sendo assim não podemos fazer nada.

- Passe bem.

- …

- Bijou, isto é inacreditável, só dá vontade de os meter em tribunal, escrever num livro de reclamações, escrever para a imprensa a denunciar a situação… Sei lá, qualquer coisa!

- Minha Bombazina querida, tu não te irrites, porque estes produtos descartáveis existem exactamente para isso, não terem peças de substituição e não compensar o custo e a perca de tempo de qualquer reclamação!

 

publicado por Tretoso_Mor às 00:47
link do post | comentar esta TRETA | ver comentários (35) | favorito
Quinta-feira, 5 de Junho de 2008

A TRETA dos serviços de atendimento da ZON

Ontem tive um problema com a ligação à internet no meu escritório.

 

Aquelas TRETAS que acontecem com frequência aos comuns mortais, mas que os técnicos acabam por identificar a origem do problema como estando sempre entre a cadeira e o teclado! …

 

Depois de várias tentativas infrutíferas para solucionar o problema, de acordo com as indicações anteriores da ZON, o nosso operador, acabei por ligar para os serviços de apoio técnico.

 

Telefonei para o número que estava indicado na minha factura, como o número para o apoio técnico.

 

Fui parar a um callcenter, digitei a opção de avarias.

Esperei…

Atende-me uma senhora que me perguntou quem eu era, de onde falava, qual o meu número de cliente, pediu-me o motivo do telefonema e que lhe relatasse a avaria.

 

Depois de ter respondido a tudo, disse-me a senhora que tinha ligado para o número de apoio a clientes Particulares. Para a próxima, teria de ligar para outro número que me indicou no momento.

Entretanto, prestou-se para transferir a chamada para o atendimento a Empresas.

 

Esperei algum tempo pela operadora….

Quando me atendeu, sabia o meu nome mas pediu-me tudo o que já tinha relatado à primeira senhora.

 

Expliquei-lhe tudo novamente!...

Responde-me a senhora que, este era um problema técnico e teria de transferir a chamada para as avarias.

 

Transferiu-me a chamada.

Esperei mais algum tempo! …

Atende-me outro operador a quem tive de identificar tudo o que já tinha dito anteriormente, excepto o meu nome.

 

Pediu-me para fazer os testes que eu já tinha realizado duas vezes antes de lhes ligar.

Disse-lhe que já tinha feito tudo isso 2 vezes, mas aconselhou-me a fazê-lo novamente.

Obedeci, pouco crente nos resultados a obter, e muito menos nas sugestões que me poderia dar.

Não obtive melhorias.

 

Eis senão quando, ele me diz que eu teria de ligar para um número externo à ZON para falar com uma empresa externa, parceira da ZON, que faz o apoio técnico a esta conta.

 

Bom, passei-me! ...

Então depois de estar quase meia hora ao telefone, ainda tinha de ser eu a ligar para um número externo?...

 

Bom, eu trabalho para uma empresa de Consultoria, e posso ajudar a ZON a melhorar o atendimento!!!...

 

Claro que não vou aqui referir onde e como podem melhorar, pois se quiseres, paguem, que eu também vos pago!...

 

Agora quero que fique registado que o atendimento da ZON para o apoio técnico é uma TRETA e uma vergonha.

 

publicado por Tretoso_Mor às 11:05
link do post | comentar esta TRETA | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre o Tretoso_Mor

.pesquisar nesta TRETA

 

.Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.TRETAS recentes

. Os produtos “descartáveis...

. A TRETA dos serviços de a...

.arquivos da TRETA

. Junho 2010

. Março 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.links de TRETAS

.contador da TRETA

online

.Prémios

Premio Bluevelvet
blogs SAPO

.subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSTag atendimento