Quinta-feira, 25 de Setembro de 2008

As TRETAS com o meu Tio – o Metro

Tenho um Tio 14 anos mais velho que eu. A sua aparência jovial, acabava por, na fase dos meus 18-20 anos (32-34 dele), dar a ideia que éramos quase da mesma idade. (Bom, o meu Tio se me estiver a ler, já deve estar todo babado). Depois deste pequeno parêntesis vou deixar registada para a posteridade uma situação que hoje, para nós é realmente hilariante, mas extremamente constrangedora na altura.

 

Num outro Post falarei dele e de mim e das nossas “coincidências”, mas hoje irei falar da “Aventura do Metropolitano”.

 

Na época, vivia ele em casa dos meus pais, preparando o “salto” para o lado de uma “moçoila” muito simpática, a quem hoje chamo Tia. A “safada” tanto andou, tanto andou, que se deixou catrapiscar lá pelo rapaz. Coitada!... Aquelas coisas de mulheres, todos sabemos…

Bom, mas voltando à história.

Diariamente, as manhãs repetiam-se. Saíamos de casa juntos, viajávamos juntos até determinado ponto, para depois nos separarmos, seguindo cada um o seu caminho.

Saíamos de casa à mesma hora, apanhávamos o comboio à mesma hora, entrávamos na mesma porta da carruagem, apanhávamos o mesmo Metro e, durante o percurso, encontrávamos sempre as mesmas pessoas…

 

O meu Tio, sempre macambúzio até ao primeiro café da manhã que só o bebia depois de se separar de mim, não abria a boca. Claro que isso não impedia que comunicássemos com o olhar e fossemos “gozando o pagode” todo o caminho. Ou porque era a mini-saia de uma rapariga que passava, ou o nariz empinado de outra, ou o buço de uma terceira. Podia ainda ser a gravata de um qualquer indivíduo, ou a camisa, ou o cheiro…

 

Enfim!...

Era no trajecto para o comboio, era no comboio, era na ligação com o metro e durante a viagem de metro. Havia sempre motivo para nos divertirmos silenciosamente.

 

A “malta” ia tão entretida a desfrutar as “cenas” que nos circundavam, que não reparávamos na TRETA que nos estava a acontecer!...

 

Bom, às sextas-feiras, o meu Tio ia para Lisboa trabalhar com um saco de viagem. É que o fim-de-semana, eram “dias de amasso” (expressão da Patrícia) passados no Alentejo, com a então, minha futura Tia.

 

Nos outros dias da semana despedíamo-nos normalmente, pois reencontrávamo-nos à noite. Mas nas sextas-feiras era diferente. Sempre fui habituado a despedir-me dos meus familiares mais velhos com um beijo.

Claro que era o que fazia quando me separava dele no Metro.

 

As primeiras vezes nem reparei no olhar das pessoas porque, como já contei, íamos demasiado distraídos.

 

Uma sexta-feira, no entanto, depois do meu Tio sair do Metro, ficando eu sozinho e mais concentrado no que me rodeava, pelo canto do olho, apercebi-me dos olhares de reprovação das pessoas, particularmente de uma senhora de idade que viajava sempre naquela carruagem.

 

Achei estranha a reacção. Tentei perceber se, na segunda-feira seguinte o comportamento seria o mesmo. Achei algum retraimento inicial, mas nada de anormal.

Até que chegou novo dia de viagem. Nesse dia é que foram elas!...

 

Depois de me despedir do meu Tio, houve uma senhora que diz em voz alta:

- Que poucas-vergonhas logo pela manhã!....

Na altura fiquei tão admirado e irritado que nem consegui responder à senhora.

 

Quando contei ao meu Tio, depois da admiração inicial, acabou por concordar comigo, teríamos de gozar a situação (e então ele, que ainda é pior que eu!).

 

Eheheh!...

Escusado será dizer que, durante a semana seguinte naquela carruagem do Metro, não nos calávamos e, à sexta-feira, despedíamo-nos com dois beijos na mesma, mas comigo a exclamar num tom acima do normal enquanto o meu Tio saía da carruagem:

- Tio boa viagem e dê beijinhos à Tia A.

 

Os queixos das senhoras começaram a cair de admiração, alguns com maior rapidez, outros só ao fim de uma semana.

 

Pois é!...

Raios partam isto, que a mente das pessoas é mesmo muito depravada!

publicado por Tretoso_Mor às 11:36
link do post | comentar esta TRETA | favorito
32 comentários:
De pingo de Mel a 25 de Setembro de 2008 às 11:49
Situação embaraçosa hein?. E o raio da "velha" que logo teve que comentar em voz alta. Esta não é a velha do Restelo mas a velha do Metro. Ela lá achava que aquele beijo era um desperdício. Se calhar queria-o para ela. Um beijo. (com ou sem velha a observar).


De Tretoso_Mor a 25 de Setembro de 2008 às 12:27
eheheh

Pois é, Pingo de Mel a "velha do Metro" bem que tentou embaraçar-me, mas não conseguiu!

Tretices beijoqueiras para ti


De FÁTIMA a 25 de Setembro de 2008 às 12:33
Coisas da Vida, já me aconteceu o mesmo, mas com o meu Pai.
Um dia numa boutique, quando ajudava o meu pai a escolher um casaco, reparei numa senhora a olhar e com ar reprovador, "um velho com uma rapariga nova", "isto tá cada vez pior", pensou ela. Quando eu disse: "Pai, este casaco não lhe fica bem, tá largo demais", a senhora, claro, deu meia volta.
Este ano, na praia, outra cena. Ouvi uma amiga de uma amiga minha lhe perguntar em voz baixa, se aquele homem a meu lado era o meu namorado. Divirti-me imenso com o meu pai, porque só quem não tem olhos na cara, é que não vê que somos parecedissimos, enfim tretas.

Fátima


De Tretoso_Mor a 25 de Setembro de 2008 às 13:55
Fátima,

Imagino como deves ter gozado a situação!...eheheh

Espero que esteja tudo bem contigo.

Obrigado pelas tuas visitas.

tretices carinhosas para ti


De Patrícia Villar a 25 de Setembro de 2008 às 13:31
Riqueza, soube muito bem lêr esta tua aventura.

De facto, nós humanos somos muito bons a fazer filmes...especialmente de categoria duvidosa, lol.

Beijinhos e obrigada por partilhares este pedacinho da tua vida.

PS: Ahhhhhh...tu tb ias aos "amassos"?!?!?! Eheheheh.


De Tretoso_Mor a 25 de Setembro de 2008 às 13:57
Riqueza,

Isto calha a todos!...

Com mais ou menos jeitinho, lá andamos nas mãos de um(a) pasteleiro(a) qualquer.

eheheheh

tretices amassadas para ti


De guiga a 25 de Setembro de 2008 às 16:56
E deviam guardar as opiniões só para elas... Que gente...
Enfim!
Gostei da história! :D
*.*


De Tretoso_Mor a 25 de Setembro de 2008 às 18:21
Guiga,

Foi embaraçoso na altura, mas depois divertimo-nos à brava.

Tretics divertidas para ti


De S. a 25 de Setembro de 2008 às 18:18
Olá!
Realmente a mente humana tem sempre tendência para criar situações distantes da realidade... A senhora bem que vos tentou embaraçar, mas no fim quem deve ter ficado embaraçada foi ela...
Acredito que seja bom e divertido recordar essas "tretas".
Beijinhos


De Tretoso_Mor a 25 de Setembro de 2008 às 18:23
Olá Iduna,

Muito obrigado pela tua visita. É uma honra receber mais uma Tretosa nesta TRETA de espaço.

Na verdade a mente das pessoas é terrível!...

Não fossemos nós tipos bem dispostos e de mente aberta, estaríamos metidos numa bela de uma vergonhaça!... eheheh

tretices simpáticas para ti.


De Salto-Alto a 25 de Setembro de 2008 às 19:39
Muito bem feito! Raio da velha, metediça e com a mania!

Fizeste mesmo muito bem! :) Adorei ler esta tua história!

Beijoca!


De Tretoso_Mor a 25 de Setembro de 2008 às 22:57
Saltinhos,

As velhotas são as piores!... eheheh

Tretices divertidas para ti


De Vera Baeta Lima a 25 de Setembro de 2008 às 19:46
Deve ter sido divertido...eu acho que se estivesse no vosso lugar tinha gozado um bocadinho mais o prato...para deixar a Srª ainda mais "enterpigaitada"...
Bjs, Treta!


De Tretoso_Mor a 25 de Setembro de 2008 às 22:59
Vera,

Vontade não faltou, mas também tinhamos de manter a compostura.

Tretices deseterpigaitadas para ti.


De M&M a 25 de Setembro de 2008 às 22:49
"Coitada!... Aquelas coisas de mulheres, todos sabemos…"


Não percebi !!! Que coisas ???

:D


De Tretoso_Mor a 25 de Setembro de 2008 às 23:13
ahahah, estava a ver que ninguém acusava o toque!...

M&M. era um tributo a todas as mulheres!...
Dizem sempre cobras e lagartos dos homense e depois, pimba!... lol

Treices sem coisas para ti.




De Sol a 26 de Setembro de 2008 às 00:44
LINDO!
Simplesmente genial. Adoro, adoro mentes retorcidas que veem cor de rosa no azul e tentam a todo o custo enfiar a praça da Figueira na Rua da Betesga.
Eu, se fosse a si, na Sexta feira a seguir ao "pouca vergonha" tinha dito "até Segunda querido", só mesmo naquela de gozar o pratinho lol
Havia tempo pa desmentir depois lol
=)


De Tretoso_Mor a 26 de Setembro de 2008 às 08:02
eheheh,

Sabes que muitas coisas nos ocorreram, só para podermos gozar a situação. Na altura achámos melhor fazer logo com que as mentes depravadas passassem pelo ridículo.

Enfim!...

Tretices bem dispostas para ti


De Cris... a 26 de Setembro de 2008 às 01:54
Devias era ter-lhe dito:
Amor vê lá se te portas bem ao fds...
Sabes que vivo cheinho de ciúmes que outro apalpe esse lindo rabinho!!!

Acredito que houvesse até algum enfarte!
hihihihi
Sou tão má, credo!
Beijinhos de TRETA


De Tretoso_Mor a 26 de Setembro de 2008 às 08:04
eheheheh...

Cris, era melhor não entrar mesmo por aí, pois a reputação do meu Tio e a minha, poderiam ficar mesmo onde não queríamos, atendendo que viajavam também umas belas lascas na mesma carruagem!... lol

Tretices cardiológicas para ti


Comentar TRETA

.mais sobre o Tretoso_Mor

.pesquisar nesta TRETA

 

.Junho 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


.TRETAS recentes

. Um dia especial para a Tr...

. Tretas Breves

. Arruda tem magia

. Ausência

. Tretas Breves

. Promiscuidades

. O Mistério do dinheiro su...

. Eleições

. Tretas Breves

. Que confusão!

.arquivos da TRETA

. Junho 2010

. Março 2010

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

.links de TRETAS

.contador da TRETA

online

.Prémios

Premio Bluevelvet
blogs SAPO

.subscrever feeds

RSSPosts

RSSComentários

RSSComentários do post